sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Saúde animal: Conheça os cuidados com os gatos no inverno


Estação exige atenção especial com felinos, principalmente filhotes e idosos. Foto: Divulgação

O estilo de vida de gatos domésticos está causando tipos diferentes de comunicação, não só dentro da sua espécie, mas também entre os gatos e seus donos. É fácil atender as necessidades dos gatos, se soubermos as suas expectativas do ambiente, da alimentação e se entendermos como eles se comunicam dentro da nova estrutura social.

Por exemplo, com a entrada do inverno, o comportamento dos felinos muda, eles ficam encolhidos e buscam se aconchegar próximo aos cantos mais quentes da casa, o que inclui o colo do seu tutor, já que podem ter a imunidade mais baixa.

Confira alguns cuidados que o médico veterinário da Max Cat e Gerente Técnico Nacional da Total Alimentos, Marcello Machado, listou como os mais importantes nessa estação mais fria:


Foto: Pixabay
Alimentação e vacinação:Uma alimentação de qualidade é fundamental nesse período mais frio do ano, já que aliada à vacinação mantém a imunidade do gato, protegendo-o de doenças da época, como resfriados. Se o gato tem uma dieta de qualidade, não há necessidade de suplementação com vitaminas a mais do que existem na alimentação diária, apenas em casos de alguma afecção instalada.

As vacinas que o felino deve tomar necessitam ser alinhadas junto com o médico veterinário, com base na idade e no estilo de vida do gato, se vive dentro do ambiente ou não e se possui contato com outros animais. As principais vacinas indicadas nesse período são contra calicivírus, herpervírus e parvovírus, que são agentes causadores da gripe felina e no caso do parvovírus, a panleucopenia.

Foto: Pixabay
Higiene: No inverno, há maior proliferação de fungos. Por isso, lembre-se de limpar os comedouros e bebedouros dos gatos com água quente e enxugando bem, além disso aspirar tapetes e mobílias é de grande importância para não deixar aumentar as bactérias do ambiente. Nessa época de temperaturas mais baixas o banho também pode ser poupado para os felinos, e pode ser substituído por uma boa escovação, para manter os pelos bonitos e sem resquícios de sujeiras.

Água: Ofereça água, mesmo no frio, sendo em bebedouros e fontes automáticas distribuídas pela casa. Se o felino não costuma beber em temperatura muito fria e o tutor observar que a ingestão diminuiu, é aconselhável oferecer em temperatura ambiente. Outro forma de incentivar a ingestão é oferecer alimento úmido, assim como Max Cat Patê, que possui 80% de água no produto. Assim, o gato pode ter uma alimentação de qualidade, por ser um alimento 100% completo e ainda ingere a água que tanto necessita para a saúde.

Foto: Pixabay
Fase de vida do felino e o frio: Gatos filhotes e idosos são mais frágeis quando a temperatura abaixa. Pois a camada de gordura subcutânea é menor e os mecanismos fisiológicos do controle de temperatura são menos eficazes. No inverno, é importante deixá-los com acesso a ambientes internos, oferecendo cobertores para protegê-los das temperaturas baixas e ventos gelados.





quinta-feira, 3 de agosto de 2017

'Mostra Internacional de Cinema pelos Animais' abre inscrições de filmes para a edição que acontece no RJ (Até 15/08)



Rio de Janeiro, RJ. Estão abertas as inscrições para a 'VII Mostra Internacional de Cinema pelos Animais'. Cineastas profissionais ou amadores, brasileiros ou estrangeiros, podem inscrever filmes de qualquer duração (longa, média ou curta metragem) que abordem as questões oriundas do relacionamento do ser humano com os animais não humanos, visando desenvolver na sociedade mais respeito aos animais. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site oficial do evento, www.mostraanimal.com.br, até o dia 15 de agosto

A novidade desse ano é a mudança de cidade, antes recebendo apenas as edições itinerantes, o Rio de Janeiro, no dia 12 de novembro, no Museu de Arte Moderna (MAM), será o palco oficial de lançamento da edição 2017. A Mostra é um dos mais relevantes eventos de cinema do mundo, voltado totalmente para a discussão dos direitos dos animais e os impactos socioambientais que a interação dos humanos com os outros animais pode trazer.

Ricardo Laurino, coordenador da mostra. Foto: Divulgação
Em 2017, queremos repetir o sucesso das edições anteriores. Pessoas apaixonadas por animais formam um público naturalmente apoiador da Mostra”, fala Ricardo Laurino, presidente da SVB, Sociedade Vegetariana Brasileira, “mas o tema dos direitos animais sensibiliza outros públicos também, como ecologistas, defensores da abolição de testes farmacológicos em animais, pessoas que lutam contra o uso de pele ou couro animal na indústria de moda”.

Ricardo ainda explica que qualquer pessoa pode colocar uma câmera nas mãos e gravar seu vídeo abordando um aspecto de como se desenvolve a interação entre humanos e animais. Além de vídeos amadores, a Mostra contará com filmes consagrados sobre o tema e que já viajaram o mundo.

Serviço: Mostra Animal 2017. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site www.mostraanimal.com.br até o dia 15 de agosto de 2017.

Fonte: Mostra Animal